IRPF 2018 – Imposto de Renda de Pessoa Física

O IRPF 2018 é um imposto cobrado anualmente pela Receita Federal. De caráter obrigatório, o imposto de renda é recolhido das pessoas que se encaixam nas diretrizes definida pelo órgão responsável.

A não declaração do IRPF pode ocasionar um pouco de dor de cabeça dos contribuintes, portanto é fundamental que esteja bem atento a todas informações. Por isso, montamos este artigo completo explicando detalhadamente boa parte dos processos que envolve o IRPF 2018.

IRPF 2018

O IRPF 2018 se trata de um valor anual que deve ser pago para a Receita Federal, em casos em que o trabalhador ultrapasse determinado limite de renda.Para muitos trabalhadores, esse dinheiro é retido na fonte pagadora ao longo do ano (IRRF), porém ainda se faz necessário a declaração de ajuste anual do Imposto de Renda 2018. Este valor é estipulado pela Receita Federal, e o recolhimento é destinado aos cofres do Governo Federal.

Embora seja obrigatório a todos os brasileiros, existem uma grande parte que não é necessário declarar o IRPF. Isto porque não se encaixa no perfil determinado pela RF.A não declaração do IRPF 2018 pode impossibilitar o contribuinte de diversas atividades, como não ser possível emitir o passaporte, realizar empréstimos e financiamentos, assim como não poder prestar concursos públicos. O contribuinte também pode apresentar problemas em seu CPF.

Isto porque a Receita Federal rotula o documento como “pendente de regularização”. Além disso a multa mínima para o atraso na entrega do IRPF 2018 é de R$165,74. Já o valor máximo da multa é referente a 20% do imposto devido.

Cronograma do IRPF 2018

O anúncio do cronograma do IRPF 2018 veio mais cedo este ano. Isto é devido ao uma normativa publicada no Diário Oficial da União, que também serviu para beneficiar os contribuintes, pois já poderão ir se adiantando arrumando as documentações necessárias para realizar a declaração do imposto de renda 2018.

De acordo com a Receita Federal, o prazo do envio do Imposto de Renda 2018 inicia no dia 2 de março e vai até 28 de abril. No entanto, os programas que serão usados para elaboração do imposto de renda estarão disponibilizados previamente no site da Receita Federal. Isso é benéfico para os contribuintes, pois poderão elaborar o seu imposto previamente, não deixando para última hora.

Fonte: Imposto de Renda 2018

Compartilhe: